letreiro-colorido-panama
0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A capital do Panamá, conhecida pelo nome Cidade do Panamá, na maioria das vezes, serve de conexão para a maioria dos brasileiros, no entanto, passou a chamar a atenção pela modernidade, boa estrutura, preços acessíveis, praias paradisíacas banhadas pelo mar do Caribe e não esquecendo, claro, a hospitalidade dos panamenhos.

A Copa Airlines é a companhia aérea panamenha que atua em várias conexões pela américa. No meu caso, estava indo pra outro país e o tempo de espera para a conexão era de 12 horas, então resolvi fazer o city tour na cidade. No aeroporto da cidade, os motoristas de táxis oferecem seus serviços para quem pretende apenas fazer o city tour. A média é de 20 dólares por pessoa completando todos os lugares, sendo possível fazer um passeio de 4 horas conhecendo os principais pontos turísticos da cidade.

Outra opção é o ônibus turístico, geralmente na cor vermelha, e abertos na parte superior, os tours passam pelos pontos turísticos principais e pelos shoppings, mas o período é de até 2 horas, sendo o valor cerca de 29 dólares por pessoa. Importante lembrar que dia de semana o trânsito é caótico, a melhor opção é fazer os passeios nos finais de semana. Também existe a opção do metrô, mas as rotas não chegam aos pontos turísticos, servindo apenas pra quem vai ao terminal rodoviário ou ao shopping Albrook Mall.

O primeiro passeio foi ao Canal do Panamá que liga o pacífico ao atlântico, a atração é bem interessante, é possível avistar o canal e os navios no Centro de Visitantes de Miraflores, no interior, os turistas podem assistir a vídeos e visitar o museu que conta a história da construção do canal. O ingresso completo, com direito a assistir ao vídeo e visitar o museu, custa 15 dólares e o funcionamento é diário das 9h às 17h.

canal-do-panamá
canal-do-oanama-02

Em seguida, o destino foi o centro histórico da Cidade do Panamá, Casco Viejo,  localizado em uma das regiões mais bonitas da região, o bairro é uma opção para visitar a qualquer hora do dia, pois possui atrações diurnas e ótimos bares para curtir à noite.

casco-viejo-panama
casco-viejo-panama-02
casco-viejo-panama-03

O almoço foi próximo ao centro histórico, no mercado central com comidas típicas, em especial, peixes e frutos do mar. As comidas são frescas e baratas. Existem barracas e também restaurantes. É possível almoçar bem a 10 dólares em média, no meu caso, pedi o chevique, muito apreciado pelos panamenhos, baseado em peixe cru marinado em suco de limão.

O passeio também contemplou o Mirador de las américas, onde é possível avistar a ponte das américas que se estende da entrada do oceano pacífico ao Canal do Panamá, no local são vendidas lembranças do Panamá como copos, blusas, canetas, chaveiros e inclusive os famosos chapéus panamenhos, todas as lembranças a preços acessíveis.

mirador-de-las-americas
famoso-chapeu-panamenho

O letreiro do Panamá fica localizado próximo a Marina do Panamá, onde é possível avistar ao fundo os arranha-céus da cidade do outro lado da costa.

letreiro-colorido-panama

Por fim, a Cinta Costera que se estende desde Punta Paitilla até a área do Marañon e fica às margens do mar, possui parques recreativos, mirantes e ciclovia.

cinta-costera-cidade-do-panama

No Panamá também existem diversos shoppings e centros comerciais onde é possível encontrar eletrônicos, roupas e acessórios. Mas é necessário ficar atento aos horários de funcionamento das lojas, pois abrem entre 10 e 11 horas da manhã e fecham entre 7 e 8 horas da noite. Dei uma passada rápida no Metromall que fica próximo ao aeroporto com serviço de translado gratuito após o meu city tour.

Antes de fechar os passeios pela cidade, cheguei a pensar em dar uma passada na praia mais famosa do Panamá e fazer um bate-volta, no caso a praia de San Blás,  infelizmente o tempo foi curto e não deu, mas pra quem pensa em ficar, pelo menos, mais uma noite, vale a pena. De qualquer forma, busquei todas as informações para uma próxima oportunidade e para quem se interessar.

A viagem dura cerca de 2h:30, contando o tempo na estrada e no barco, que segue para o porto e posteriormente para a ilha, lembrando que é mais tranquilo e seguro fechar por agências locais. O custo do percurso na estrada é de 50 dólares e do barco até a ilha 20 dólares, além do imposto do porto no valor de 2 dólares por pessoa. San Blás é, sem dúvida, a praia mais bonita do Panamá, para quem puder, vale a pena a esticadinha.

Antes de finalizar a postagem, é importante lembrar que para entrar no país não é necessário visto, apenas passaporte com validade mínima de seis meses, além da carteirinha internacional de vacinação contra a febre amarela com pelo menos 10 dias antes da viagem.

Não deixe de conhecer a Cidade do Panamá, nem que seja durante um city tour para conhecer a cidade e seus pontos turísticos principais.

Boa Viagem!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here